Seus Direitos Garantidos

Nossos canais de atendimento estão preparados para atender os seus direitos previstos na LGPD. Exerça seu direito pela parte logada do site ou do aplicativo.

Chegamos, Amapá!

Receba em sua casa a CSA, sua futura empresa de água e esgoto do Amapá!

A Concessionária de Saneamento do Amapá (CSA) inicia a renovação de cadastro de clientes que recebem os serviços de tratamento de água e/ou coleta de esgoto em Macapá. O procedimento começará pela região central da capital e é um adiantamento de atividades antes da posse da concessionária pelo Grupo Equatorial. Esta ação tem como objetivo identificar necessidades de estrutura, mapear demandas para investimentos e coletar dados importantes que auxiliem no relacionamento com os clientes no futuro.

Para se recadastrar, os cidadãos receberão em casa as equipes da CSA, devidamente identificadas com crachá e fardamento padronizado. Além das visitas domiciliares, a atualização cadastral estará disponível ao público em postos avançados que serão montados em locais como praças e parques. Estas ações de atendimento em massa serão divulgadas posteriormente nos canais de comunicação da empresa.

No ato da abordagem, o cliente responderá a um questionário. É um processo simples e gratuito, que garantirá uma visão ampla do serviço e dos próximos passos de atuação da empresa, na área urbana da rede de água e esgoto. Os recenseadores pedirão uma documentação original para auxiliar na atualização de dados.

O planejamento da CSA é que o recadastramento inicie na capital e siga para os demais municípios ao longo do ano.

ABRA AS PORTAS PARA UM NOVO MOMENTO!

Dúvidas e respostas quanto ao Processo de Recadastramento:

1-    Qual a finalidade do processo de recadastramento?

A Concessionária de Saneamento do Amapá (CSA) está em processo de entrada no estado e, mesmo antes da posse, já se movimenta para se aproximar do cidadão. O recadastramento faz parte deste primeiro movimento, para conhecer o contribuinte, mapear demandas, coletar dados importantes que auxiliem na construção do trabalho de distribuição de água e esgoto.

2- Qual o período do recadastramento?


O cliente responderá a um questionário feito pelos nossos recenseadores, que estarão devidamente identificados com uniforme e crachá do Grupo
Equatorial. É um processo simples, que garantirá uma visão ampla do serviço e dos próximos passos de atuação da empresa na área urbana da rede de água e esgoto. Nenhuma cópia de documento será solicitada pelos recenseadores durante as visitas.


3- Como vai funcionar o recadastramento dos clientes?

Todos os cidadãos beneficiados com a rede de água e esgoto do Amapá devem passar por este processo. O Grupo Equatorial quer conhecer seus clientes para melhor atendê-los.

4-    Quem precisa se recadastrar?

Todos os cidadãos beneficiados com a rede de água e esgoto do Amapá devem passar por este processo. O Grupo Equatorial quer conhecer seus clientes para melhor atendê-los.

5-    Os beneficiados com tarifas sociais também precisam se recadastrar?

O processo de recadastramento está aberto para todos os usuários dos serviços de distribuição de água e esgoto.

6-    Quem deseja ser beneficiado com as tarifas sociais pode solicitar no processo de recadastramento?

Nosso time em campo estará apto para atender o cidadão com o recadastramento e com informações sobre os projetos e programas atendidos posteriormente pela CSA, no processo pós-posse, como por exemplo, a tarifa social, entretanto para ele se beneficiar da tarifa social, deve procurar um dos nossos postos de atendimento e levar em mão os documentos necessários que atendam às exigências da companhia.

7-    O recadastramento tem relação com algum aumento de tarifa?

Não, o recadastramento quer gerar conexão entre a CSA e os seus futuros clientes. Não afeta o valor das contas de água.

8-    O início do recadastramento vai começar mesmo antes da posse da empresa no Amapá?

Sim, este processo faz parte dos primeiros passos da nova Concessionária de Saneamento no Amapá. Nos aproximamos para ouvir e melhor entender os cidadãos que serão alcançados pelo nosso trabalho de distribuição de água e esgoto.

9-    O cidadão pode se recadastrar sem atender a equipe presencial, pela internet, por exemplo?

Nossos recenseadores estarão acessíveis ao cidadão. É importante que esse contato seja presencial, especialmente porque nosso intuito é gerar conexão e ampliar essa escuta. Esse encontro pode ocorrer com a visita porta a porta ou nas grandes ações que estamos preparando para recadastramento em massa. Não teremos a opção de recadastramento via internet e nem nenhum meio eletrônico e nem via telefone, neste primeiro momento, após a posse da companhia o morador pode entrar em contato com para atualizar seus dados a qualquer momento.

10- Esse recadastramento visa mapear dívidas dos clientes com a CAESA? A empresa pretende usar essas informações para realizar cobrança dos clientes?

Não, não há nenhuma ligação com a CAESA ou as dívidas dos clientes junto com ela. O banco de informações coletadas servirá como mapeamento de clientes e demandas para investimentos futuros.

11- Esse recadastramento visa identificar situações irregulares ou clandestinas de fornecimento de água?

Nossos recenseadores farão o recadastramento por meio de um questionário de perguntas. Neste momento, as visitas técnicas serão no intuito de mapear as oportunidades para a melhoria do sistema e estrutura do tratamento de água e esgoto sanitário.

12-  Por que a CSA não usa a base da CAESA?

A Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa) tem sido parceira no processo de transição de serviços para a CSA, mas identificamos que a base de clientes utilizada atualmente precisa de atualização, e é com este intuito também que nossa frente de trabalho atuará.

13-  No recadastramento haverá o diagnóstico para a ampliação do sistema de abastecimento de água e ampliação da rede de esgoto?

Este diagnóstico faz parte da meta que desejamos alcançar com o trabalho realizado. Nos aproximamos dos clientes para identificar áreas de necessitam de investimentos nos próximos anos, áreas mais críticas, além de gerar conexão com o cidadão.

14- Esse recadastramento é pago?

Não, este é um processo completamente gratuito para o cidadão. Nossos recenseadores, devidamente identificados como Grupo Equatorial, não emitem boletos ou geram guias de pagamento durante os atendimentos.

15- Quais dias e horários serão feitas as visitas domiciliares?

Os recenseadores do Grupo Equatorial visitarão os domicílios de segunda a sexta-feira, durante o horário comercial, das 8h às 18h. Podendo estender para atender o cliente no horário alternativo. As grandes ações de recadastramento, caso ocorram aos fins de semana, serão planejadas e divulgadas previamente nos canais oficiais da Concessionária e nos meios de comunicação de massa.

16- A ação de recadastramento acontecerá em todos os municípios do Amapá?

Nesta primeira etapa, o foco do recadastramento será a capital Macapá, mas, posteriormente, a ação se expandirá para as sedes dos 16 municípios do estado. Esse processo será devidamente divulgado.

17- O recadastramento é obrigatório?

Não, mas todos os clientes beneficiados com a distribuição de água e esgoto devem realizar o recadastramento para ter seus dados atualizados na base da Concessionária.

18- Se o cliente se recusar a responder ao questionário, terá alguma restrição ou penalidade junto à Concessionária?

Não, este processo de recadastramento conta com a participação voluntária do cidadão, mas é importante ressaltar que o cliente que se negar a prestar as informações terá o cadastro desatualizado na base de dados da CSA.