Chegamos, Amapá!

CSA amplia redes de abastecimento em Pedra Branca do Amapari

A Concessionária de Saneamento do Amapá executa mais de 12 quilômetros de novas tubulações para a extensão do sistema de abastecimento na cidade.

As obras de extensão de redes de abastecimento são executadas simultaneamente em diversos municípios e avançam neste mês de março em Pedra Branca do Amapari, distante 183 quilômetros da capital.  Executadas pela Concessionária de Saneamento do Amapá (CSA), as frentes de trabalho com a instalação de novas tubulações para levar água tratada e serviços para mais clientes na cidade.

Serão instalados mais de 12 quilômetros de novas redes de abastecimento em bairros que nunca contaram com este benefício. São 23 etapas de trabalho que seguem ao longo ano. Os investimentos compõem o plano de obras direcionado para a universalização nas áreas da concessão.

As obras estão em diversos bairros.
Serão mais de 12 KM de redes novas.
O trabalho avança.

Sobre a universalização

No Brasil, a universalização dos serviços de água potável é um direito previsto pelo marco legal do Saneamento, a lei 11.445/2015. Significa tornar algo comum para uma comunidade, garantir a todos os cidadãos a prestação desse serviço essencial para seu bem-estar e qualidade de vida. Esse é um dos compromissos assumidos pela CSA ao iniciar as operações no estado.

“Nunca tivemos água de encanação aqui no bairro Nova Colina, é uma grande alegria acompanhar essa chegada aqui na porta de casa”, destaca Seu Aloncio Sousa, morador de Pedra Branca há 22 anos.

Técnico de Fiscalização, João Beltrão.
Seu Aloncio Sousa comemora a chegada da água.
As obras acontecem também dentro da ETA.

Além das frentes de novas redes, a CSA atua com obras dentro da Estação de Tratamento de Água do município, que já conta com um novo reservatório com capacidade de armazenamento de 800 mil litros. Os investimentos iniciais realizados foram em torno de R$ 450 mil neste empreendimento.

“Estamos empenhados em agilizar os prazos de entrega e garantir a universalização da água para todos na cidade. Nossas equipes atuam diariamente para esta missão”, concluiu João Beltrão, Técnico de Fiscalização da obra.

Macapá, 18 de março de 2024

Comunicação CSA