Chegamos, Amapá!

CSA executa melhorias no sistema de abastecimento do Elesbão, em Santana

Os trabalhos se concentram na estrutura de decantação e filtros que compõem a unidade que atende mais de 80 famílias na comunidade.

A Concessionária de Saneamento do Amapá (CSA) realiza nos dias 19, 20 e 21 de fevereiro uma grande operação para melhorias no sistema de abastecimento que atende a comunidade do Elesbão, em Santana. Os trabalhos se concentram na estrutura de decantação e filtros que compõem a unidade que capta, trata e distribui água na região.

No sistema do Elesbão, a água bruta é captada do Rio Amazonas e após o tratamento, é distribuída para cerca de 80 famílias que moram na comunidade, predominantemente em área de ponte. A comunidade foi informada previamente e durante a operação é abastecida por meio de carros-pipa. O fornecimento de água será retomado gradativamente a partir das 7h do dia 22/02 (quinta-feira).

Novas estruturas estão em processo de instalação.
A unidade passa por intervenções.

A unidade produz mil litros de água por minuto e já recebeu diversas intervenções desde a chegada da CSA, mas é a primeira vez que são executados investimentos de grande porte como a troca do flocodecantador - um equipamento que remove as impurezas sólidas e elimina a turbidez da água, e da estrutura de filtros.

Durante o período de obras, a CSA orienta que os clientes façam o armazenamento e utilizem estratégias de uso racional da água em seus reservatórios domiciliares. Para outras informações ou ocorrências, o atendimento 24h está disponível gratuitamente no telefone 0800 086 0116.

“São três dias de operação para a substituição da estrutura que realiza o tratamento da água captada do rio e trazer melhorias que impactarão diretamente a qualidade dos serviços que fornecemos para a comunidade que mora nesta área de ressaca. Com água de qualidade, levamos mais saúde para essas famílias santanenses”, concluiu Vinícius Felix, líder de Produção da CSA.

A captação é realizada no Rio Amazonas.
Substituição de estruturas desgastadas.

Comunicação CSA

Macapá, 21 fevereiro de 2024