Chegamos, Amapá!

CSA apresenta novo centro de operações integradas para monitoramento de ocorrências

Com investimentos em inovação, o novo COI centraliza as equipes em um novo espaço para monitorar as operações de água em todo o Amapá em um ambiente inovador.

As operações de água no estado são monitoradas ininterruptamente pela Concessionária de Saneamento do Amapá (CSA). Este trabalho agora ganha mais eficiência com a inauguração de um novo espaço para o funcionamento do Centro de Operações Integradas (COI), que ampliou o fluxo e a tecnologia utilizada no setor. O novo COI foi apresentado pela concessionária nesta segunda-feira (12/02). 

Tempo real

O centro de operações mantém plantonistas 24 horas para monitorar as equipes de rua e direcionar conforme as demandas levantadas pelos canais de atendimento. Só em 2023, foram registradas mais de 40 mil ocorrências no centro da CSA. A empresa mantém esta rotina de trabalho contínua. Para demandas da água, a central de atendimento ao cliente fica disponível pelo 0800 086 0116.  

Novo Centro de Operações foi reformado e ampliado.
Novo COI já está em operação.

Vazamentos, baixas de pressão na rede, desabastecimentos ou outras ocorrências em todo o estado podem ser acompanhadas pelos técnicos plantonistas nas telas de tempo real mantidas na unidade. O centro utiliza a tecnologia de sistemas que analisam dados estatísticos com telas de controle e softwares de automação.

Investimentos

A CSA iniciou suas operações em julho de 2022 e instalou o então chamado Centro de Controle de Operações (CCO) dentro da Estação de Tratamento de Água de Macapá. Nesta nova fase de trabalho, investimentos foram realizados para a modernização da estrutura e a aquisição de equipamentos de inovação para a rotina.

Novo espaço funciona na sede da Equatorial no Amapá
As equipes atuam 24 horas no COI.

“Nosso novo COI centraliza os processos, as equipes e a tecnologia necessária para monitorar de forma contínua as operações que a Equatorial gere no Amapá. Isso aumenta a nossa eficiência, traz mais agilidade na tomada de decisões, diminui os tempos de paradas e manutenções de processo e sincroniza os dados que são gerados diariamente. É mais eficiência em nossa missão”, conclui Augusto Dantas, presidente do grupo no Amapá.

Comunicação Equatorial Amapá 

Macapá, 15 de fevereiro de 2024