Chegamos, Amapá!

Grupo Equatorial apresenta balanço de ações do ano de 2023 e investimentos para 2024

Durante o evento, que reuniu a imprensa do estado, foram apresentados os principais planejamentos para a Concessionária de Saneamento do Amapá e para a CEA Equatorial.

Jornalistas de veículos de TV, rádio, web e imprenso estiveram presente na apresentação. (Foto: Divulgação)

O Grupo Equatorial realizou na manhã de quinta-feira (11) o Café com a Imprensa, onde reuniu jornalistas dos principais veículos de comunicação do estado para apresentar os investimentos feitos durante todo o ano de 2023 e as ações futuras para 2024, nas empresas Concessionária de Saneamento do Amapá (CSA) e CEA Equatorial. Durante o evento, foram apresentadas grandes melhorias já executadas para a garantia da qualidade do fornecimento de energia e de água nos 16 municípios do Amapá.

CSA

A CSA avançou e segue avançando nas obras de melhoria executadas no estado para garantir que as pessoas tenham acesso a água tratada e de qualidade nas residências. Desde a sua chegada, a empresa trabalha em um grande plano de recuperação e universalização da água na área urbana.

Em 2023, a CSA realizou a reforma da captação de Macapá e a estação de tratamento está totalmente reformada, além de um levantamento aerofotográfico de Macapá, Santana e Mazagão para obtenção dos dados de relevo do Estado para assim poder projetar o sistema de água à região metropolitana.

A concessionária avançou também na reforma da estação de tratamento de Macapá e foi ativado um reservatório que nunca havia entrado em operação.

Presidente do Grupo Equatorial no AP, Augusto Dantas.

Pontes Para o Futuro

Implantado em 2023, o projeto tem como objetivo levar através da regularização de rede, energia de qualidade a moradores de áreas de ressaca dos municípios do Amapá, com a utilização de tecnologia de ponta. O serviço teve início na cidade de Santana, já avançou para a capital e segue em obras no bairro Congós, em Macapá, por onde ainda avançará para mais bairros nos dois municípios durante 2024.

Energia

Para o setor da alta tensão, foram apresentados os principais investimentos feitos com novas subestações na região metropolitana e no interior, como a última subestação inaugurada pela CEA Equatorial, a primeira a ser construída dentro dos padrões do Grupo: a SE São José. Localizada em uma área nobre de Macapá, no bairro Laguinho, a subestação beneficiará mais de 90 mil clientes com mais qualidade de energia e oportunidades de crescimento para a toda a região. A SE São José possui dois transformadores, sendo eles com 20 e 26 MVA de potência, além de sete alimentadores, três disjuntores de 69KV, 8 disjuntores de 15 KV, casa de comando automatizada e controlado pelo Centro de Operações Integradas, COI, isso significa que a SE recebe monitoramento 24h por dia por equipes de plantão para atendimento que qualquer ocorrência ou alteração no sistema que possa acontecer.

Além dela, as subestações de Cupixi, Porto Grande, Inajá e Laranjal do Jari também foram entregues à população, além da melhoria e implantação de novos alimentadores e transformadores nas subestações Macapá ll, Santana, Central, Tartarugalzinho, Amapá, Serra do Navio, Santa Rita, Equatorial e Calçoene.

Na oportunidade, foi destaque também a aquisição da subestação móvel adquirida no mês de junho de 2023 utilizada em ações de manutenção com grande impacto além do início das obras da linha de Serra do Navio, onde conta hoje, com 32 quilômetros já energizados de um total de 116 quilômetros de extensão, beneficiando assim, mais de 50 mil pessoas, com a substituição de uma linha antiga e sucateada por uma nova rede.

Em 2024, foi anunciada a construção de uma nova subestação, agora no município de Santana, a SE Forte Cumaú, localizada no bairro Hospitalidade, com capacidade de 26,6 MVA de potência.

Captação de Água do Rio Amazonas passou por reformas em 2023. (Foto: Divulgação/ CEA Equatorial)

Fale Conosco

A CSA mantém um canal de comunicação ativo 24 horas com os usuários por meio do 0800 086 0116. Pelo telefone, é possível registrar ocorrências de falta de água, vazamentos em vias públicas e consultar outras informações referentes aos serviços prestados nas áreas urbanas dos 16 municípios do Amapá.

Macapá, 11 de janeiro de 2024

Comunicação CSA