Chegamos, Amapá!

CSA avança com as obras de universalização do sistema de abastecimento de água em Calçoene

Além dos serviços de expansão das redes de abastecimento em Calçoene, a CSA intensifica as obras nas unidades de captação e tratamento de água da cidade.

A Concessionária de Saneamento do Amapá (CSA) está com diversas frentes de trabalho em Calçoene, município distante cerca de 356 km de Macapá. São obras de expansão de redes de abastecimento de água, além da reforma e modernização das unidades de captação e tratamento. Com a conclusão dos serviços da concessionária nas ruas, a expectativa é que Calçoene seja a primeira cidade a ter o benefício da universalização dos serviços de abastecimento de água.

Calçoene será a primeira cidade com universalização dos serviços de água no AP.
As obras serão concluídas nos primeiros meses de 2024.

As obras em Calçoene iniciaram em 2022, logo após o início das operações da CSA no Amapá. Parte da Estação de Tratamento de Água (ETA) e da Captação de Água Bruta da cidade já receberam as primeiras intervenções e a reabilitação das suas estruturas. São cerca de R$ 3,5 milhões de investimentos.

Antes da chegada da CSA, o parque de produção em Calçoene tinha a capacidade de 50 m³/h (metros cúbicos por hora), depois das intervenções já concluídas, o sistema opera com duas ETAS com capacidade total de 100 m³/h (metros cúbicos por hora), isso significa dizer que a cidade passará a receber 100 mil litros de água tratada a cada hora, ou seja, o dobro da capacidade anterior.

Expansão das redes

Atualmente, Calçoene possui cerca de 500 famílias conectadas à rede de abastecimento de água tratada que é operacionalizada pela CSA. O trabalho das equipes nas ruas durante a expansão consiste em instalar novas e modernas tubulações para atender novas unidades por toda cidade. São 15 quilômetros de novas redes. O objetivo é garantir que mais pessoas recebam água potável e tenham mais qualidade de vida com isso, este é caminho traçado pela empresa para universalização dos serviços.

ETA de Calçoene em obras.
São mais de 15 quilômetros de novas redes em Calçoene.

Universalização

No Brasil, a universalização dos serviços de água potável é um direito previsto pelo marco legal do Saneamento, a lei 11.445/2015. Significa tornar algo comum para uma comunidade, garantir a todos os cidadãos a prestação desse serviço essencial para seu bem-estar e qualidade de vida. Esse é um dos compromissos assumidos pela CSA ao iniciar as operações no estado.

A CSA assumiu a operação com aproximadamente 7% de cobertura  no município de Calçoene, sendo que a meta estabelecida no contrato de concessão seria elevar essa cobertura para 24% a partir do terceiro ano de trabalho da Concessionária. Contudo, com o aumento da capacidade do sistema e as obras de expansão de rede que avançam na cidade, o município deve estar universalizado nos primeiros meses de 2024.

O trabalho acontece em toda a área urbana da cidade.
Toda a ETA passa por reforma e modernização.

Mais saúde

Os investimentos em saneamento básico estão diretamente relacionados à saúde. Além de prevenir doenças de veiculação hídrica, como infecções gastrointestinais, amebíase, hepatite, entre outras, também evita a proliferação de mosquitos como o Aedes Aegypti, transmissor da febre amarela, dengue e zika. A redução de doenças não só traz benefícios para a saúde da população como também para os cofres públicos, ao diminuir o número de atendimentos nas unidades públicas de saúde.

“Estamos empenhados na universalização do abastecimento de água do município de Calçoene, onde teremos disponibilidade de água de qualidade na extensão territorial urbana de todo município, esse foi o compromisso que assumimos. Logo, água potável estará à disposição para todos os cidadãos desta cidade e seguiremos em frentes de trabalho para as demais”, concluiu Iran Correia, Gerente de Engenharia da CSA.

Comunicação CSA

02 de janeiro de 2024