Chegamos, Amapá!

Avançam as obras de construção do sistema próprio de geração de cloro da ETAM

O novo sistema está em processo de instalação dentro da Estação de Tratamento de Água de Macapá (ETAM) e traz um dos métodos mais avançados e modernos do mercado de cloração para o Amapá.

A aplicação de cloro no processo de tratamento da água é uma etapa importante e que pode ser executada de diversas formas. Ao iniciar as operações no estado, a Concessionária de Saneamento do Amapá (CSA) decidiu investir em inovação e deu início à construção de um sistema próprio de geração de cloro a partir do uso do sal. Um modelo moderno e já utilizado em grandes distribuidoras pelo Brasil.

As obras de construção do gerador de cloro estão dentro da Estação de Tratamento de Água de Macapá (ETAM) e contam com investimentos de mais de R$6 milhões. O novo sistema substitui o antigo cloro gás que era utilizado e que apresentava menos segurança em seu manuseio operacional.

As obras do nosso sistema estão em fase final.
A ETAM está sendo preparada para receber o sistema.

O método que está em instalação na ETAM utilizará sal, água e energia elétrica. Uma das tecnologias mais modernas é a do Grupo Hidrogeron, contratado para as obras no Amapá. A empresa é especializada no desenvolvimento e implantação de tecnologias para a cloração e traz uma alternativa eficiente e segura, que atende as especificações e os padrões de potabilidade.

Já foram instaladas três unidades de geração de cloro no Amapá: na Estação de Tratamento de Santana, Laranjal do Jari e Mazagão. O sistema de Macapá será o quarto e maior a entrar em operação até o fim do mês de julho.

Três unidades já foram instaladas no Amapá.
Laranjal, Mazagão e Santana estão em operação.
O sistema de geração de cloro é um investimento da CSA.

“Estamos na reta final das obras na ETAM e quando estivermos em operação com o sistema, teremos um equipamento completo, capaz de desenvolver várias funções no processo de produção de cloro, com inovação. É mais qualidade na água que distribuímos e segurança para as equipes que executam o trabalho no cotidiano”, explica Yanka Freitas, engenheira da CSA.

As obras com a Hidrogeron são parte dos investimentos que a CSA está realizando no sistema de abastecimento das áreas urbanas do Amapá. Ao todo, mais de R$100 milhões foram injetados em obras estruturantes como a reabilitação e modernização da ETAM, da Captação de Água do Rio Amazonas, na construção da rede adutora que vai levar água ao Macapaba, entre outras.

Yanka Freitas mostra os painéis que entrarão em operação nas próximas semanas.
A previsão é que o sistema seja entregue no próximo mês.

Fale conosco

A CSA mantém um canal de comunicação ativo com os usuários na Central de Atendimento 24h. Em caso de dúvidas ou solicitação de serviços, os clientes podem entrar em contato com a concessionária pelo telefone 0800 086 0116. A CSA também está disponível nas redes sociais e no site http://csa-equatorial.com.br.

15 de junho de 2023

Comunicação CSA