Chegamos, Amapá!

CSA investe em caminhão especializado em desobstrução rápida de redes de esgoto

O equipamento já está nas ruas de Macapá e aumenta a capacidade estrutural das equipes de atendimento em campo.

Com a aquisição de um caminhão com tecnologia de mini hidrojateamento, a Concessionária de Saneamento do Amapá (CSA) reforça a capacidade estrutural das equipes de rua que atuam diariamente com as redes de esgoto da capital. O maquinário já está nas ruas, tem alta capacidade e tamanho apropriado para operar em locais onde caminhões grandes não podem trafegar.

O sistema da nova unidade móvel acelera o processo de desobstrução e faz a limpeza dessas redes, além de prolongar o efeito da manutenção realizando, evitando que a equipe volte inúmeras vezes ao mesmo local. O mesmo procedimento anteriormente era realizado com uso manual de varetas de aço.

Equipe em campo com o novo equipamento

“O caminhão mini hidro é um investimento que fizemos e se faz muito importante, pois agiliza o trabalho em campo, garante eficiência operacional e traz praticidade na rotina dos colaboradores”, explica Andrey de Sousa, coordenador de Operações da CSA.

O novo equipamento é o primeiro desse porte a chegar ao Amapá para o trabalho com o esgoto público. Atualmente, o estado possui 7% de cobertura de esgoto domiciliar que é coletado pela CSA desde o início de suas operações em julho de 2022. A meta é ampliar esta rede para 1.735 quilômetros durante os 35 anos da concessão, buscando em 17 anos alcançar 90% deste objetivo.

O investimento fortalece a estrutura das equipes que atuam com esgoto na capital.
O novo caminhão já está nas ruas de Macapá.

Rede obstruída

O entupimento das redes de esgoto que incide no retorno da água coletada nas vias ou nos próprios imóveis dos clientes, pode trazer transtornos como mau cheiro e proliferação de doenças. O caminho para evitar este cenário é a prevenção. Para o uso correto da rede domiciliar, as dicas são as seguintes:

  • Não jogar o óleo de cozinha pelo ralo. O óleo é uma substância que não se dissolve na água e um litro pode contaminar 20 mil litros de água, além do solo. A substância cria uma camada que entope o encanamento, dificultando a passagem de água;
  • Não descartar fraldas, algodão, papel higiênico ou qualquer outro objeto no vaso sanitário. Eles não se desintegram e entopem a passagem de água que vai para o sistema de esgoto do imóvel;
  • Restos de alimentos não devem ser descartados no ralo da pia ou na tubulação. Remova os restos de comida dos pratos e panelas e jogue no lixo antes de lavá-los;
  • Fique atento aos fios de cabelo e pêlos da barba que descem pelo ralo durante o banho. Eles são as principais causas de entupimento no encanamento do banheiro.
  • Faça a limpeza do ralo da pia com água fervente e sal frequentemente e troque os sifões por novos quando estiverem desgastados ou danificados.
Andrey de Sousa explica as melhorias que chegam com essa aquisição.
O procedimento de desobstrução de redes fica mais rápido.

Comunidade

Muitas ocorrências de obstrução de redes são registradas por meio da Central de Atendimento 0800 086 0116. Para mais informações, os clientes podem entrar em contato com a concessionária gratuitamente 24h por dia.

Macapá, 10 de fevereiro de 2023

Comunicaçao CSA